Topics quentes fechar

Brax fecha com CBF e vende propriedades comerciais para amistosos contra Gana e Tunísia

Casas Bahia, Mastercard, GM, Bob's, Betnacional, Betano, Pixbet e Reserva assinaram acordos

Estádio Océane, em Le Havre, na França, será o palco do duelo Brasil x Gana, nesta sexta-feira (23) - Reprodução

A seleção brasileira entrará em campo nesta sexta-feira (23), no Estádio Océane, em Le Havre, na França, para o penúltimo amistoso antes da Copa do Mundo do Catar. Na próxima terça-feira (27), o último será diante da Tunísia, no Parque dos Príncipes, em Paris, capital francesa.

Os dois jogos terão transmissão em TV aberta pela Globo e TV fechada pelo Sportv, além do GE na internet. Responsável pelas negociações das propriedades comerciais de campo das partidas após fechar uma parceria com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), a Brax anunciou que comercializou 100% dos ativos, que incluem placas publicitárias de led e tapetes.

Oito anunciantes principais fecharam acordos com a empresa. São eles: Casas Bahia, Mastercard, General Motors (GM), Bob’s, Betnacional, Betano, Pixbet e Reserva.  

“Nós temos um orgulho muito grande de termos sido eleitos para a gestão comercial dos dois últimos jogos amistosos da nossa seleção antes da disputa da Copa do Mundo. Apesar do pouco tempo para trabalhar e dos enormes desafios, o mercado respondeu maravilhosamente bem. Todas as cotas de participação foram comercializadas”, disse Bruno Rodrigues, um dos sócios da Brax.

“Além do enorme sucesso de vendas, estamos celebrando, também, a volta de grandes anunciantes à nossa plataforma. Tudo isso é fruto de muito trabalho e de toda credibilidade desta grande parceria que a Brax vem desenvolvendo com a CBF”, acrescentou o executivo.

Briga judicial

Vale lembrar que, atualmente, a Brax tem contrato para exploração de publicidade estática com 12 clubes que disputam a Série A do Brasileirão (América-MG, Atlético-MG, Atlético-GO, Athletico-PR, Avaí, Ceará, Coritiba, Cuiabá, Fortaleza, Fluminense, Goiás e Juventude), além da Série B.

No entanto, há uma briga judicial por essas propriedades. Um processo foi aberto pela Sport Promotion depois que 11 clubes da Série A romperam com a empresa e assinaram com a Brax, que prometia remuneração maior. A antiga parceira dos times da Série A também alega rompimento de contrato dos clubes da Série B, que firmaram parceria com a Brax.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF), por sua vez, alega que o direito de comercialização dessas placas é dela. A entidade também entrou na Justiça, mas para cobrar uma dívida de R$ 34.771.844,64 da Sport Promotion referente aos direitos de exploração de publicidade estática das Séries A e B. Além disso, a confederação também cobra mais R$ 14.217.315 referentes aos dois contratos até o final da atual temporada. A CBF afirma que foi ela quem remunerou os clubes no período em que a Sport Promotion ficou inadimplente.

Em maio, a Sport Promotion conseguiu uma liminar que lhe garantia a exploração desses direitos para as Séries A e B do Brasileirão. Entretanto, a CBF conseguiu reverter a decisão no dia seguinte.

Shotes semelhantes
Arquivo de Notícias
  • Sarney
    Sarney
    Sarney afirma que democracia está consolidada: 'Não corre risco de retrocesso'
    17 Agosto 2022
    3
  • Gastroenterite
    Gastroenterite
    Gastroenterite: o que é, principais sintomas, forma de contágio e como prevenir a doença
    3 Jan 2022
    3
  • Jennette McCurdy
    Jennette McCurdy
    Jennette McCurdy, de “iCarly” e “Sam & Cat”, considera voltar a atuar
    26 Agosto 2022
    1
  • Tolima x Atlético-MG
    Tolima x Atlético-MG
    Atlético Mineiro bate Tolima na Colômbia na estreia da Libertadores
    6 Abril 2022
    3
  • Big Brother Brasil
    Big Brother Brasil
    Jessilane sobre vida financeira depois do BBB: ”quase na mesma”
    8 Junho 2022
    19
  • Santos x Juazeirense
    Santos x Juazeirense
    Santos x Juazeirense-BA (28/07): Placar ao vivo Copa do Brasil 2021
    28 Julho 2021
    1
Shotes mais populares dessa semana