Topics quentes fechar

Com vaias e xingamentos aos jogadores do Vasco desde antes do jogo, sistema de som de São Januário é acionado

Leandro Castan e Morato são os principais alvos do protesto da torcida em partida contra o Remo
Sistema de som de São Januário é acionado no primeiro tempo de jogo do Vasco

Sistema de som de São Januário é acionado no primeiro tempo de jogo do Vasco

A torcida do Vasco presente em São Januário perdeu a paciência com o time. Sem chance de acesso à Série A, a equipe cumpre tabela na Segunda Divisão e foi alvo de vaias e xingamentos desde antes de o jogo contra o Remo começar, na noite desta sexta-feira, pela 37ª rodada da competição.

+ Torcedores relatam dificuldade em associação online; Vasco justifica problema por troca de empresa

Leandro Castan e Morato foram os alvos principais do protesto. Aos cinco minutos do primeiro tempo, o sistema de som do estádio foi acionado - a primeira vez desde o retorno do público, medida autorizada pela flexibilizações das restrições impostas pela pandemia. A música "Nasci para te seguir" ecoou em uma aparente tentativa de abafar as reclamações. Logo em seguida, o sistema foi desligado.

Vasco x Remo — Foto: André Durão
1 de 2 Vasco x Remo — Foto: André Durão

Vasco x Remo — Foto: André Durão

Por várias vezes, os torcedores presentes gritaram:

- Time sem vergonha!.

O meia MT também foi xingado. Torcedores o chamaram de "cachaceiro".

Torcida do Vasco protesta antes do apito inicial:

Torcida do Vasco protesta antes do apito inicial: "time sem vergonha!"

Com o placar parcial de 2 a 0 para o Remo, a torcida aumentou o tom das críticas. Tanto que, parte dela, vaiou o gol de Léo Matos, que diminuiu o placar para 2 a 1.

Aos 41 min do 1º tempo - gol de cabeça de Léo Matos do Vasco contra o Remo

Aos 41 min do 1º tempo - gol de cabeça de Léo Matos do Vasco contra o Remo

2 de 2
Shotes semelhantes