Topics quentes fechar

Valdemar Costa Neto diz que PL vai pedir ao TSE invalidação de votos em urnas antigas

Presidente do partido de Jair Bolsonaro questiona modelos produzidos antes de 2020, mas afirmou que o PL não quer nova eleição
Presidente do partido de Jair Bolsonaro questiona modelos produzidos antes de 2020, mas afirmou que o PL não quer nova eleição
  • Rubens Anater

19 nov 2022 - 21h17

Em vídeo divulgado nas redes sociais, o presidente do PL de Jair Bolsonaro, Valdemar Costa Neto, afirmou que a sigla vai buscar o Tribunal Superior Eleitoral(TSE) para tentar invalidar votos registrados em urnas produzidas até 2020. "Pelo estudo que nós fizemos, tem várias urnas que não podem ser consideradas", disse ele neste sábado, 19. Costa Neto garantiu que o PL, vai propor essa análise ao TSE até a terça-feira, 22.

Valdemar da Costa Neto, presidente do partido de Bolsonaro, diz que urnas fabricadas até 2020 teriam problemas.

Valdemar da Costa Neto, presidente do partido de Bolsonaro, diz que urnas fabricadas até 2020 teriam problemas.

Foto: Reprodução Twitter / Estadão

Ele afirmou que as urnas inválidas seriam as que foram produzidas até o ano de 2020, que supostamente teriam o mesmo número de patrimônio, o que, segundo ele, inviabilizaria uma fiscalização urna por urna. Ele alegou ainda que, de acordo com o estudo do partido, o problema pode ter atingido até 250 mil urnas.

Não há qualquer indício de fraude ou problema técnico no pleito, conforme já atestaram o Tribunal de Contas da União e as próprias Forças Armadas. Três missões internacionais de observação eleitoral também emitiram relatórios preliminares atestando a segurança das urnas eletrônicas, logo depois do primeiro turno.

Questionado no evento deste sábado sobre o porquê de essa demanda não ter sido avaliada antes das eleições, Costa Neto alegou que isso seria "culpa" dos funcionários do TSE e que a direção da Corte não teria conhecimento da questão.

O Presidente do PL, Valdemar da Costa Neto, afirma que no início da semana apresentará denúncia sobre as urnas no TSE. Encontramos problemas graves e o TSE terá que apresentar uma solução, diz ele. pic.twitter.com/URLY1MVvMe

— Bia Kicis (@Biakicis) November 19, 2022

O dirigente negou, entretanto, que o PL queira rever o pleito. "Não queremos nova eleição, não queremos agitar a vida do País, mas eles (TSE) têm que decidir o que vão fazer", alegou.

Ao Estadão, a assessoria de imprensa do PL não deu detalhes sobre a intenção do partido, mas confirmou as afirmações feitas pelo presidente da sigla neste sábado.

Costa Neto menciona todas as urnas produzidas até 2020. Contudo, os aparelhos mais antigos, utilizados inclusive na eleição de 2018 em que Bolsonaro foi eleito, já haviam sido submetidos ao chamado Teste Público de Segurança (TPS) em anos anteriores. O modelo de 2020, por sua vez, foi submetido pelo TSE à análise de peritos de universidades federais neste ano.

Relatório do PL

Como o Estadão mostrou na semana passada, o PL preparou um relatório preliminar a ser apresentado ao TSE pedindo a invalidação de todos os resultados gerados em urnas eletrônicas de modelos produzidos antes de 2020. No entanto, segundo o engenheiro Carlos Rocha, do Instituto Voto Legal, envolvido na fiscalização, o estudo não estaria pronto. "O trabalho de fiscalização do PL termina em dezembro, está em andamento", afirmou.

O texto do partido alega que o log — isto é, os registros eletrônicos — de modelos de urna de 2009, 2010, 2011, 2013 e 2015 não possui valor correto no campo de código de identificação da urna, o que tornaria impossível a ligação dos arquivos com a urna física, diferente dos modelos de 2020.

Os argumentos são similares os apresentados em uma live realizada por um canal argentino controlado por um apoiador de Bolsonarono início do mês. O Estadão mostrou que é falso que o relatório apresentado prove fraude eleitoral.

Insistência de Bolsonaro

Em sua fala deste sábado, Valdemar da Costa Neto disse que "tinha tranquilidade" a respeito dos resultados das urnas eletrônicas. "Eu disputo eleições desde 1990 e as urnas estão aí desde 94. Nunca tive preocupação com isso", alegou. Contudo, seu posicionamento mudou depois do que ele chamou de "insistência de Bolsonaro para ver esse assunto". O presidente, derrotado no segundo turno das eleições deste ano, teria pressionado o partido para completar o estudo.

"Eles insistiram comigo, aí insisti com o pessoal, eles foram lá e descobriram isso aí", disse Costa Neto sobre o suposto problema nas urnas fabricadas até 2020.

Valdemar Costa Neto na cerimônia de filiação de Jair Bolsonaro ao PL, em novembro de 2021.

Valdemar Costa Neto na cerimônia de filiação de Jair Bolsonaro ao PL, em novembro de 2021.

Foto: Neto Sousa/Estadão / Estadão

+Os melhores conteúdos no seu e-mail gratuitamente. Escolha a sua Newsletter favorita do Terra. Clique aqui!

Shotes semelhantes
Arquivo de Notícias
  • Edital TJDFT
    Edital TJDFT
    Concurso TJDFT 2022: Sai edital com 112 vagas de nível médio e superior
    28 Jan 2022
    3
  • Sao páulo fc
    Sao páulo fc
    Hoje no Catar, Crespo se declara ao São Paulo: “Te amo, Tricolor”
    25 Agosto 2022
    32
  • FLAMENGO COPINHA
    FLAMENGO COPINHA
    Flamengo faz gol rápido, mas toma virada do Avaí e é eliminado na ...
    14 dias voltar
    16
  • O Homem do Norte
    O Homem do Norte
    "O Homem do Norte", novo filme do diretor de "A Bruxa", chega ao Cine Plaza
    12 Maio 2022
    6
  • E titulo
    E titulo
    Em 4 dias, mais de 19 mil eleitores baixaram e-Título e TRE contabiliza 45 mil downloads no AC
    13 Nov 2020
    2
Shotes mais populares dessa semana