Topics quentes fechar

Em meio a um processo de renovação, a Turquia sofreu em casa contra Luxemburgo, mas selou o acesso à Liga B da Nations

A Turquia também se confirmou pelo menos na repescagem da Euro 2024, com Grécia e Cazaquistão aparecendo como potenciais concorrentes

A seleção da Turquia atravessa anos bastante instáveis. Até existia certa empolgação com a ótima campanha nas eliminatórias da Euro 2020, mas a participação na fase final do torneio continental foi uma enorme decepção. E os turcos também demoraram a engrenar na Liga das Nações. A equipe escapou do rebaixamento na primeira edição apenas pela reestruturação da competição, mas não evitou a queda da segunda divisão na participação seguinte. Atualmente na terceirona, os turcos realizam um processo de renovação no elenco e até conseguiram o acesso antecipado no Grupo C1. Nada que empolgue tanto assim, diante do empate por 3 a 3 com Luxemburgo nesta quinta-feira, num jogo em que os visitantes estiveram três vezes em vantagem em Istambul.

Todos os jogadores da Turquia escalados nesta quinta-feira pelo técnico Stefan Kuntz não passam dos 27 anos. Alguns são conhecidos nas grandes ligas europeias, como a dupla de zaga formada por Kaan Ayhan e Çaglar Söyüncü, ou então Cengiz Ünder na ligação. De qualquer maneira, a base da equipe conta com muitos jogadores que buscam espaço. Ferdi Kadioglu e Kerem Aktürkoglu são xodós de Fenerbahçe e Galatasaray, respectivamente. Quem também pode crescer muito é o camisa 10 Orkun Kökçü, destaque do Feyenoord. Principal referência técnica atualmente, Hakan Çalhanoglu foi desfalque por lesão.

Que a Turquia não chame tanta atenção no papel, a equipe aproveitou bem a situação no Grupo C1 para disparar. Ganhou os quatro primeiros jogos, com 14 gols marcados e nenhum sofrido. Obviamente auxiliou o chaveamento contra Luxemburgo, Lituânia e Ilhas Faroe. Desta maneira, os turcos chegaram ao reencontro com os luxemburgueses nesta quinta precisando de apenas um empate para o acesso. Mas, que o time do principado realmente seja a segunda força da chave, esperava-se pelo menos uma vitória dos anfitriões em Istambul. A equipe de Stefan Kuntz ficou no limite do vexame, com muitos erros defensivos.

Foi um primeiro tempo bastante movimentado. Luxemburgo marcou o primeiro gol aos oito minutos, numa pane do jovem lateral Eren Elmali, que encobriu o goleiro Ugurcan Çakir e abriu o caminho para Marvin Martins anotar. O empate, aos 16, saiu num pênalti convertido por Cengiz Ünder. Porém, os visitantes retomaram a dianteira aos 37, quando Danel Sinani recebeu em velocidade e finalizou cruzado. Isso até Maxime Chanot marcar um gol contra dois minutos depois e decretar a igualdade rumo ao intervalo.

No segundo tempo, os luxemburgueses assinalaram antes o terceiro, com Gerson Rodrigues, aos 24. Florian Bohnert fez um carnaval pela direita e só rolou para o companheiro no meio da área. Por fim, a derrota seria evitada pelos turcos somente aos 42. Ismail Yüksek, arriscou o chute de fora da área e anotou um lindo gol. O meio-campista de 23 anos, do Fenerbahçe, tinha entrado seis minutos antes e fazia sua estreia na seleção principal. Deu sorte.

A Turquia chega aos 13 pontos no Grupo C1, contra oito de Luxemburgo, único que ainda poderia alcançar o time. Além do acesso à segunda divisão da Liga das Nações, a equipe também garante pelo menos uma vaga na repescagem da Euro 2024. Grécia e Cazaquistão também subiram e estão previamente classificados para o eventual quadrangular, com a Geórgia encaminhada na outra chave. A promoção é importante para recolocar os turcos num patamar mais condizente à sua grandeza e também para garantir um nível de teste mais alto ao processo de renovação. Mas não que o time transmita tanta confiança.

{eventName} SofaScore
Shotes semelhantes
Shotes mais populares dessa semana