Topics quentes fechar

De virada, o Náutico perde por 3 a 1 para o CSA e termina o 1º turno na zona de rebaixamento

De virada, o Náutico perde por 3 a 1 para o CSA e termina o 1º turno na zona de rebaixamento  SuperesportesCSA 3 x 1 Náutico - Campeonato Brasileiro Série B rodada 19 - Tempo Real  globoesporte.comDe virada, CSA vence Náutico e do
(Foto: Caio Falcão/CNC)
Até a próxima partida, o Náutico terá seis dias para treinar e recuperar os atletas (Foto: Caio Falcão/CNC)
Tentando retomar o caminho das vitórias, o Náutico não conseguiu segurar o embalado CSA e perdeu a partida em Maceió, por 3 a 1. Vencendo o jogo até os 30 minutos do primeiro tempo, com gol de Erick, o Timbu teve dificuldades com a ala direita e na zaga, sofrendo a virada ainda na primeira etapa da partida. Com esse resultado, o Náutico caiu para a 18ª colocação na Série B e termina o primeiro turno da competição na zona de rebaixamento.  Dessa forma, o Timbu volta para Recife visando já o próximo jogo, diante do Avaí, no dia 6 de novembro, nos Aflitos. 
Jogando em seus domínios, o CSA quis fazer valer o mando de campo no começo do jogo, e buscou pressionar o Náutico, que por sua vez teve que ficar afastando o perigo, chutando a bola para o campo de defesa do time alagoano. Apesar da equipe alviazulina buscar mais o jogo no começo da partida, foi do Timbu que saiu o primeiro gol. Aos sete minutos, Kevyn acertou o cruzamento no meio da área do CSA e Erick que estava bem posicionado, não desperdiçou e abriu o placar. 
Após o gol, o time comandado por Mozart não se acanhou e continuou tentando construir as jogadas para empatar o jogo. Mas, mais uma vez o CSA viu o Náutico chegar com perigo, porém dessa vez com Kieza que se atrapalhou dentro da área e não conseguiu marcar. Mantendo a posse de bola e a pressão diante do Náutico, o time alagoano conseguiu o empate com Rafael Bilu. O atacante recebeu a bola no alto, subiu mais que os jogadores alvirrubros e marcou para o Azulão do Mutange.
No final do primeiro tempo, o CSA não diminuiu a pressão e conseguiu virar o placar. Yago recebeu o toque de cabeça, dentro da área, depois de um bom lançamento de Rafinha e mandou para o fundo das redes. E assim terminou a etapa inicial do jogo. 
2º tempo 
Voltando do vestiário na intenção de buscar o resultado, o Timbu tentou pressionar no inicio da etapa complementar, porém viu o CSA fazer mais um gol e ampliar o placar. O lateral Rafinha acertou um chute de fora da área e fez o terceiro do time alviazulino. Sem conseguir criar oportunidades perigosas, Juninho Lola fez todas as alterações para tentar dar um ânimo ao time, mas sem sucesso. 
O CSA também fez substituições para fazer a manutenção do resultado. Com os jogadores descansados, o time alagoano continuou atacando e mantendo a posse de bola, mas sem conseguir marcar mais gols. Chegando perto do final de jogo, o Náutico aguentou a pressão do Azulão do Mutange e não sofreu mais gols no Rei Pelé.
Ficha do jogo
Matheus Mendes; Diego Renan (Norberto), Cléberson, Luciano Castán e Rafinha; Marquinhos, Yago (Lucas Dias) e Paulo Sérgio (Nadson); Rodrigo Pimpão (Victor Paraíba) Rafael Bilu (Andrigo) e Pedro Lucas. Técnico: Mozart
Náutico 1
Jefferson; Hereda (Yago Rocha), Carlão, Ronaldo Alves e Kevyn; Rhaldney (Paiva), Jhonnatan e Jean Carlos (Marcos Vinícius); Erick (Dadá Belmonte), Vinícius (Álvaro) e Kieza. Técnico: Juninho Lola
Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió
Horário: 21h
Árbitro: José Mendonça da Silva Júnior (PR)
Assistentes: Luciano Roggenbaum e Jefferson Cleiton Piva da Silva (ambos do PR)
Gols: Erick (Náutico), Rafael Bilu, Rafinha e Yago (CSA)
Cartão amarelo: Rafael Ribeiro e Hereda (Náutico)
Shotes semelhantes