Topics quentes fechar

Renovação de Rafael Leão com o Milan dependente de dois fatores

Emblema da Serie A, pese desejar blindar o jovem avançado, está até disposto a escutar possíveis ofertas dado que o português tem uma dívida avultada para pagar ao Sporting

Emblema da Serie A, pese desejar blindar o jovem avançado, está até disposto a escutar possíveis ofertas dado que o português tem uma dívida avultada para pagar ao Sporting

A protagonizar a melhor época no Milan (12 golos e sete assistências) desde que chegou ao clube, oriundo do Lille (França), Rafael Leão deverá prolongar, conforme desejo rossoneri, dentro de algum tempo, o contrato que o liga ao emblema.

Relacionados

Portugueses. Luís Maximiano não pensa no Mundial:"O que me importa é o presente, faltam muitos meses"

Portugueses. Abel Ferreira: "Se virem o calendário do futebol brasileiro..."

Segundo a Imprensa italiana, o Milan encara o internacional português como um dos mais importantes no projeto e as conversações para o prolongamento do vínculo prosseguem. Todavia, o clube, ao qual Leão está ligado até 2024, pretende, em simultâneo, a resolução do pagamento da dívida do jogador ao Sporting - e auscultar eventuais ofertas para a sua aquisição no final desta temporada.

O Tribunal Arbitral do Desporto, em favor dos leões, condenou o atleta a pagar 16,5 milhões de euros - cerca de 20 se se contabilizarem juros - pela rescisão unilateral com o emblema leonino, em 2018, após o ataque à Academia de Alcochete.

Nesse sentido, o empresário do jogador está a reunir esforços para facilitar o processo com o Lille, que, de acordo com o Tribunal Arbitral do Desporto de Lausana, é responsável solidário por parte do pagamento, faltando acertar a divisão de verbas.

Esse processo só será encerrado quando Leão tiver encaminhado o pagamento de perto de 20 milhões de euros ao Sporting, sendo que as verbas do eventual novo contrato - salário anual de quatro milhões - poderão abater esse gasto.

Além deste imbróglio legal/financeiro, Rafael Leão está a ser sondado por vários clubes de montra europeia, entre eles Barcelona, PSG e Dortmund, além de que, refere a Imprensa italiana, clubes da Premier League colocaram-se já em campo

Shotes semelhantes