Topics quentes fechar

Em live com Murilo Rosa, Maria Zilda Bethlem revela que beijou ator com mau hálito na Globo: ‘Era insuportável’ — saiba quem é!

Sincerona! Nesta sexta-feira (30), Maria Zilda Bethlem chamou o ator Murilo Rosa para participar de uma live em seu Instagram. Durante o bate-papo, a seguinte pergunta surgiu: se eles já haviam beijado alguém com bafo em cena. A atriz não poupou detalh

Sincerona! Nesta sexta-feira (30), Maria Zilda Bethlem chamou o ator Murilo Rosa para participar de uma live em seu Instagram. Durante o bate-papo, a seguinte pergunta surgiu: se eles já haviam beijado alguém com bafo em cena. A atriz não poupou detalhes, e entregou que passou sufoco com o mau hálito de José de Abreu, durante as gravações de “Bebê a Bordo” (1988). “Era uma coisa insuportável”, declarou.

Na novela, a artista interpretou Ângela, uma solteirona tímida que era apaixonada pela voz de um locutor de rádio, Tonhão, com quem tinha sonhos sensuais. “Eu tinha uma paixão [na trama]. E [nas cenas] só apareciam os pés do personagem porque era tudo fruto da minha imaginação. Até que decidiram quem seria o ator [para interpretar]. Foi decidido que seria o José de Abreu”, relembrou.

Continua depois da Publicidade

Maria Zilda explicou que seu colega de elenco estava passando por um momento complicado, e isso agravou a má experiência que ela teve ao contracenar com o ator. “Ele estava numa fase muito doida. Bebia demais. E ele estava tão compulsivo que tinha umas cenas que a gente ficava amarrado numa árvore, um de costas para o outro. Você sabe que ele obrigava o contrarregra a dar a cachaça na boca dele?”, disse ela a Murilo.

Maria Zilda Bethlem e Murilo Rosa conversaram sobre os bastidores das novelas em live. (Foto: Reprodução/ Instagram)

* Leia também:

“Então, cara, quando era cena de beijo… Porra, a pessoa que fuma pra caramba. Sabe?”, exclamou. “A pergunta foi: você já beijou alguém com bafo? Já! Era uma coisa insuportável. Evidentemente, ele bebia. Era [cena] externa. Ele suado. Já tinha o cheiro do suor, mais o do cigarro, mais o da bebida. Era uma coisa insuportável. O Zé era um bicho”, disparou.

Ainda em conversa com Murilo, a atriz contou que teve um caso com José de Abreu em 1978, nos bastidores do filme “A Intrusa”. Acontece que ele era casado na época, mas Maria Zilda afirmou que não sabia disso. “Fomos apresentados e é aquela coisa de cinema, de locação. Você está lá um mês com a pessoa, acaba tendo um namorico”, assumiu. Ela já havia revelado o affair com o ator em seu livro, “A Caçadora de Amor”, lançado em 2019.

Assista ao bate-papo sobre o assunto a partir do minuto 19:33!

De volta ao Instagram – depois de ser hackeada na semana passada – a estrela já causou alguns polêmicas em suas lives ao contar dos “testes do sofá” na Globo. Ela também comentou sobre a infância difícil de Maitê Proença, de como Ary Fountoura revelou a ela que é gay, e a razão de ter desistido de atuar em novelas.

Shotes semelhantes
Shotes mais populares dessa semana