Topics quentes fechar

Lesão de Van Dijk preocupa, e zagueiro pode desfalcar Liverpool por meses

Lesão de Van Dijk preocupa, e zagueiro pode desfalcar Liverpool por meses  Goal.com

Zagueiro holandês sofreu forte entrada nos minutos iniciais do clássico contra o Everton e preocupa para o restante da temporada

O jogo mais esperado da rodada da Premier League fez jus às expectativas. Liverpool e Everton se enfrentaram em um clássico com emoção até o apito final e, apesar do empate por 2 a 2, a equipe de Jurgen Klopp certamente levou a pior. Além do gol anulado no minuto final, por impedimento, o zagueiro Virgil Van Dijk saiu lesionado ainda no primeiro tempo, após forte entrada do goleiro Pickford, e pode desfalcar os Reds por um longo período.

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!

O lance em questão aconteceu logo aos cinco minutos do primeiro tempo. Van Dijk tentou completar cruzamento de Fabinho e foi travado pelo goleiro do Everton com bastante violência. A jogada já havia sido parada por impedimento, mas o holandês sentiu a pancada e saiu com fortes dores no joelho direito.

Pickford tackle / challenge on Virgil Van Dijk pic.twitter.com/gkCyny16lH

— PDB (@EUGoalz) October 17, 2020

O Liverpool ainda não se pronunciou de forma oficial sobre a lesão do jogador. Contudo, segundo a TV inglesa beIN Sports, Van Dijk pode ficar fora dos gramado por até oito meses, já que se suspeita de uma ruptura do ligamento cruzado anterior de seu joelho direito. 

Ainda assim, o tempo de recuperação do zagueiro só poderá ter uma previsão mais aproximada caso os exames realmente confirmem a lesão ligamentar.

Foto: Getty Images

Após a partida, Jurgen Klopp foi questionado sobre a gravidade da contusão do holandês, e a resposta não foi das mais animadoras para os torcedores dos Reds. 

“Eu não sei. Não é bom. Virgil jogou não sei quantos jogos seguidos. Ele constuma jogar com dor e em quase qualquer condição. Mas não conseguiu continuar. Isso não é bom".

O lance foi revisado pelo VAR e o impedimento foi confirmado. Com isso, não houve pênalti na jogada e o goleiro do Everton escapou de levar o cartão vermelho. 

“Para mim foi um pênalti claro. Obviamente, vimos a bandeira subir por impedimento. Ainda achei que valia a pena dar uma olhada na falta, mas não aconteceu. Não temos poder sobre isso. Se não estivesse fora de jogo, seria 100% pênalti”, completou Klopp em entrevista após a partida.

Sobre o resultado do jogo e as decisões da arbitragem, não há mais nada a fazer. O Liverpool agora só pode cuidar da recuperação de Van Dijk, um dos melhores zagueiros do mundo e peça fundamental na equipe de Klopp.

Shotes semelhantes