Topics quentes fechar

Huawei relança Mate 40 Pro, Mate 4E e Nova 8 Pro com HarmonyOS 2 na China

Aproveitando o sucesso do HarmonyOS 2 na China, a Huawei decidiu relançar três de seus modelos populares de celular com seu sistema próprio diretamente ...

Aproveitando o sucesso do HarmonyOS 2 na China, a Huawei decidiu relançar três de seus modelos populares de celular com seu sistema próprio diretamente da caixa. São eles o Huawei Mate 40 Pro, o Huawei Mate 40E e o Huawei Nova 8 Pro. Os três celulares foram disponibilizados primeiro no ano passado, mas agora serão relançados com HarmonyOS 2 - só que sem 5G.

Nenhuma mudança foi feita nas especificações dos aparelhos, então eles vão oferecer uma experiência bem semelhante à original, mas com a diferença do sistema operacional que também passa a ser da Huawei. Então chama a atenção que a empresa tenha "sacrificado" a compatibilidade com 5G nesses celulares, deixando-os limitados à conexão 4G. O pessoal do GizmoChina, de onde vem a notícia, especula que essa decisão foi possivelmente tomada devido às restrições comerciais que a Huawei tem enfrentado por causa dos EUA. É possível que a empresa tenha dificuldades de adquirir os novos componentes mais modernos necessários para garantir conexão à nova geração da rede móvel, enquanto ainda conta com alguns componentes compatíveis com 4G em estoque, que ela pode usar no relançamento desses celulares.

O Huawei Mate 40 Pro relançado, então, oferece um processador Kirin 9000, acompanhado de 8GB de RAM e oferecendo opções de 128GB ou 256GB de armazenamento. Ele está sendo relançado pelo preço sugerido de 6.099 yuans, que é um pouco mais acessível que seu valor original, possivelmente por causa da idade e da ausência do 5G.

Os outros modelos seguem na mesma linha de manter os componentes e custar um pouco mais barato. O Huawei Mate 40E acompanha um Kirin 990E, com 8GB de memória RAM e as mesmas opções de armazenamento da versão Pro - 128GB ou 256GB. Seu preço sugerido é de 4.299 yuans.

Por fim temos o Huawei Nova 8 Pro, que acompanha um processador Kirin 985 e as mesmas configurações de memória dos outros. Esse é o modelo mais acessível, saindo por 3.699 yuans.

Não sabemos se a Huawei tem previsões - ou até mesmo condições - de comercializar essas novas versões dos celulares fora da China, mas eles ajudarão a compor o portfólio e impulsionar mais a popularização do HarmonyOS 2, a aposta da empresa para escapar de algumas das restrições norte-americanas.

Fonte: GizmoChina
Shotes semelhantes
Shotes mais populares dessa semana