Topics quentes fechar

Na estreia de Dorival Júnior, Flamengo perde para o Internacional no Brasileirão

Na estreia de Dorival Júnior, o Flamengo viveu um roteiro conhecido da época de Paulo Sousa, ...

Na estreia de Dorival Júnior, o Flamengo viveu um roteiro conhecido da época de Paulo Sousa, técnico demitido na quinta-feira. O clube carioca pagou caro pelos erros individuais. O Internacional se aproveitou venceu o jogo por 3 a 1, neste sábado, no Beira-Rio, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Dorival Júnior nem sequer deu um treino, mas já deve saber que o desafio é grande. A rotina do Flamengo se repete, com erros individuais e jogadores em fase técnica de assustar. O clube carioca vai se complicando no Brasileiro, após a terceira derrota seguida no torneio. A distância para o líder, o Corinthians, aumentou para nove pontos. Caso o Palmeiras vença, a diferença vai para dez pontos.

Com 12 pontos, o Flamengo está na 15ª colocação do Campeonato Brasileiro, enquanto o Internacional pulou para 18 pontos e está em terceiro lugar. Na próxima rodada, o clube carioca recebe o Cuiabá, nesta quarta-feira, às 20h30 (horário de Brasília), no Maracanã. O Inter, por sua vez, visita o Goiás no mesmo dia e horário.

Primeira etapa

De volta ao Flamengo, Dorival Júnior chegou a Porto Alegre na noite de sexta-feira e estreou sem comandar treino. Isso não impediu que o técnico fizesse mudanças. Ele promoveu o retorno de Diego Alves ao gol, até para mostrar que os problemas de 2018 foram superados. O goleiro não atuava desde fevereiro. Filipe Luís também voltou à equipe principal.

O Internacional não demorou muito para aproveitar a fase ruim do Flamengo. O Colorado abriu o placar logo com 45 segundos de jogo. Filipe Luís errou, o time gaúcho recuperou a bola. Bustos cruzou e Wanderson fez o 1 a 0.

Com a vantagem, o Inter recuou. O Flamengo levou perigo com David Luiz. O zagueiro ganhou pelo alto em cobrança de escanteio e cabeceou para fora. Depois, Willian Arão pegou rebote e emendou por cima. O Internacional, então, ampliou em novo vacilo rubro-negro. Everton Ribeiro errou passe fácil e armou o contra-ataque rival. Wanderson recebeu pela esquerda e bateu no canto: 2 a 0, aos 21 minutos.

O Flamengo quase diminuiu aos 38 minutos. David Luiz lançou Bruno Henrique. O atacante tocou por cobertura e a bola bateu na trave. No rebote, Gabigol mandou para fora.

Segundo tempo

Dorival Júnior voltou com Marinho no lugar de Thiago Maia. O Flamengo ficou na bronca com a arbitragem de Braulio da Silva Machado (FIFA-SC) no começo do segundo tempo. Mercado subiu com o braço aberto e acertou o cotovelo em Gabigol, na área. O juiz nada marcou e nem tampouco o VAR recomendou a revisão.

Aos dez minutos, Mercado salvou o Internacional. Em jogada pela esquerda, Bruno Henrique recebeu de Everton Ribeiro e cruzou para Gabigol. A finalização do artilheiro foi bloqueada pelo zagueiro. Na sequência, o Fla diminuiu. Após recuperar a bola, o clube carioca acelerou. Bruno Henrique cruzou e Andreas Pereira, de primeira, bateu no canto para fazer o 2 a 1, aos 12 minutos.

O Inter assustou com Alemão, que entrou no segundo tempo. Diego Alves apareceu bem e evitou o terceiro. Taison, mais um nome lançado por Mano Menezes, completou para fora cruzamento da esquerda.

Dorival Júnior fez mais três mudanças. O treinador colocou Ayrton, Diego e Pedro. Saíram Filipe Luís, Everton Ribeiro e Willian Arão. Gabigol emendou para fora, após Pedro aparar para ele. No fim, o árbitro deu pênalti polêmico de Matheuzinho, outra mudança de Mano Menezes, em Pedro Henrique. O próprio Pedro Henrique bateu, aos 46 minutos, e fechou o placar: 3 a 1.

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL 3X1 FLAMENGO

Local: Beira-Rio, Porto Alegre (RS)

Data: 11/06/2022, sábado

Horário: 21h (de Brasília)

Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC-Fifa)

Assistentes: Alex dos Santos (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC)

VAR: Daiane Caroline Muniz dos Santos (SP-Fifa)

Cartão amarelo: Matheuzinho e Marinho (Flamengo) e Carlos de Pena, Taison e Bustos (Internacional)

Gols:

INTERNACIONAL: Wanderson, aos 45 segundos do 1ºT e aos 21′ do 1ºT, e Pedro Henrique, aos 46′ do 2ºT

FLAMENGO: Andreas Pereira, aos 12′ do 2ºT

INTERNACIONAL: Daniel; Bustos (Moledo), Vitão, Mercado e Renê; Gabriel, Rodrigo Dourado (Johnny) e Alan Patrick (Alemão); Carlos de Pena, Wanderson (Taison) e David (Pedro Henrique).

Técnico: Mano Menezes

FLAMENGO: Diego Alves; Matheuzinho, Rodrigo Caio, David Luiz e Filipe Luís (Ayrton); Willian Arão (Pedro), Thiago Maia (Marinho) e Andreas Pereira; Everton Ribeiro (Diego Ribas), Bruno Henrique e Gabigol.

Técnico: Dorival Júnior

Shotes semelhantes