Topics quentes fechar

FHC pede "voto pró-democracia" e lista pautas de Lula

O ex-presidente não cita nomes, mas defende luta contra pobreza e pela diversidade

O ex-presidente não cita nomes, mas defende luta contra pobreza e pela diversidade

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) defendeu, em nota, o que chamou de “voto pró-democracia” nas eleições presidenciais de 2022. Na descrição do que considera esse voto, cita pautas associadas ao candidato petista Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

“Peço aos eleitores que votem no dia 2 de outubro em quem tem compromisso com o combate à pobreza e à desigualdade, defende direitos iguais para todos independentemente da raça, gênero e orientação sexual”, diz o tucano em trecho da nota.

publicidade

FHC justificou o apoio via nota pela sua idade avançada. Ele tem 91 anos. Disse que não tem problemas de saúde, mas tampouco energia para participar ativamente do debate político pré-eleitoral.

O ex-presidente não citou nomes na nota, nem de Lula, nem de Jair Bolsonaro (PL), nem da candidata que o seu partido apoia formalmente, a senadora Simone Tebet (MDB-MS).

Durante as prévias que o PSDB conduziu para escolher o candidato do partido à Presidência, FHC havia dito que em um 2º turno entre Lula e Bolsonaro votaria em Lula.

“Se houver Lula contra Bolsonaro, a polarização fica feia. Se isso ocorrer, vou ficar ao lado do Lula, fazer o quê? O que o Lula diz não é propriamente o que ele faz. Lula sempre foi uma pessoa de negociação”, disse, em entrevista ao Poder360.

Assista à entrevista (40m08s) concedida em 9 de agosto de 2021:

1º turno

A declaração fortalece a estratégia de campanha de Lula e do seu vice, o ex-tucano Geraldo Alckmin (PSB), de apelar ao chamado “voto útil” nas eleições deste ano para tentar vencer o pleito ainda no 1º turno.

Ao Poder360, Alckmin disse que “todos os candidatos sonham em vencer no 1º turno”. Assista à entrevista concedida na última 4ª feira (21.set):

Leia a nota de FHC na íntegra:

FHC defende voto pró-democracia nas eleições

Como é do conhecimento público, tenho idade avançada e, embora não apresente nenhum problema grave de saúde, já não tenho mais energia para participar ativamente do debate político pré-eleitoral.

Peço aos eleitores que votem no dia 2 de outubro em quem tem compromisso com o combate à pobreza e à desigualdade, defende direitos iguais para todos independentemente da raça, gênero e orientação sexual, se orgulha da diversidade cultural da nação brasileira, valoriza a educação e a ciência e está empenhado na preservação de nosso patrimônio ambiental, no fortalecimento das instituições que asseguram nossas liberdades e no restabelecimento do papel histórico do Brasil no cenário internacional.

Fernando Henrique CardosoEx-presidente da República

Shotes semelhantes
Shotes mais populares dessa semana