Topics quentes fechar

Dia do Empreendedorismo Feminino: 10 maneiras de apoiar empreendedoras

Neste dia 19 de novembro, veja dicas sobre como apoiar e incentivar as mulheres empreendedoras do país
Jovem empreendedora em loja

Empreendedorismo feminino: dia 19 de novembro celebra protagonismo das mulheres em negócios (monkeybusinessimages/Thinkstock)

Por Célia Kano, diretora da Rede Mulher Empreendedora

Hoje é 19 de novembro, o Dia do Empreendedorismo Feminino. Se você é uma mulher empreendedora, parabéns! Se você não é, continue lendo esse artigo pois listei ideias de como apoiar mulheres líderes e que administram seus próprios negócios. Mas, antes disso: você sabe como surgiu a data que comemoramos hoje?

Como surgiu o Dia do Empreendedorismo Feminino

O Dia do Empreendedorismo Feminino foi promovido em 2014, pela WED, uma organização sem fins lucrativos. Naquele dia, 144 países estavam reunidos em evento em Nova Iorque. Foi quando a empreendedora norte-americana Wendy Diamond sugeriu a criação de uma data para celebrar e suportar as mulheres empreendedoras.

Em seguida, a data passou a ser celebrada mundialmente, relembrando anualmente que temos que apoiar nossas mulheres empreendedoras.

Uma mulher empreendedora é aquela com autoconhecimento (conhece a si mesma, entende como suas habilidades resolvem problemas e geram negócios), mas também reflete liderança (toma a iniciativa para achar soluções para problemas) e competências técnicas (como executa produtos e serviços e gera renda com a venda deles).

Por isso, se você reconhece uma mulher que possui essas características: sim, ela é uma mulher empreendedora! E nessa data, relembre-se de apoiar essas personalidades. Entenda como, a partir de 10 dicas.

Como apoiar as mulheres empreendedoras 1. Comprar o seu produto ou serviço

Apoiar o empreendedorismo local também começa pela peferência na hora das compras. Ao invés de recorrer a grandes lojas ou líderes de mercado, que tal buscar um produto ou serviço daquela pequena empreendedora no início de sua jornada?

2. Indicar negócio para amigos e familiares

Essa indicação pode ser feita de diversas maneiras, inclusive a recomendação boca a boca. O importante é: gostou do negócio? Então passe a informação adiante!

3. Incentivar boas ideias e o esforço dela

Todo reconhecimento serve de ânimo para continuar em busca de melhores soluções, especialmente entre um público que ainda enfrenta dificuldades muito elementares na hora de empreender.

4. Comentar coisas e ideias positivas

Comentários, sugestões e ideias são sempre bem-vindas. A jornada empreendedora é um processo coletivo e a interação positiva pode agregar sempre mais.

5. Estar disponível para ajudá-la quando precisar

Criar uma rede de apoio é fundamental quando falamos em empreendedorismo, especialmente entre mulheres. Hoje existem instiuições e redes dedicadas a oferecer conteúdos, mentorias e conexões específicas para mulheres empreendedoras e também mães.

6. Dar like e comentar nos posts do negócio

Afinal, todo engajamento é bem-vindo, ainda mais em tempos em que a presença digital é tão indispensável para o sucesso de qualquer negócio.

7. Dividir tarefas domésticas e cuidados com a família

Conciliar a gestão do negócio (ou até mesmo o trabalho em geral) com a vida pessoal é um grande problema para mulheres. Estimativas mostram quanto o PIB mundial poderia aumentar casomulheres contribuíssem tçao efetivamente para a economia quanto os homens. Uma maneira eficaz de apoiar o empreendedorismo femino é, portanto, dividir de forma igualitária as tarefas domésticas e cuidados com os filhos.

8. Apoiar os estudos e a busca dela por novos conhecimentos

Grande parte das empreendedoras entende a importância de buscar novos conhecimentos para a gestão do negócio. Um estudo da Rede Mulher Empreendedora mostra que 67% delas vão atrás de mentorias nos próximos 12 meses, enquanto 45% já realizaram algum treinamento ou tem alguma formação empreendedora. Apoiar esse caminho contínuo em busca do conhecimento pode estimular a criação de novos negócios, novas ideias e até mesmo, uma profissionalização do cenário empreendedor para mulheres no país.

9. Respeitar o processo e a velocidade de crescimento dela

Cada empresa tem um tempo diferente de maturação. O mesmo acontece com o empreendedor. É preciso entender que existe um processo por trás de todos os ganhos e perdas em uma jornada empreendedora. Esse caminho inclui cometer erros.

10. Celebrar as pequenas conquistas

Um passo de cada vez. Cada conquista é válida e valiosa.

Na Rede Mulher Empreendedora acreditamos que as mulheres com negócios geram ciclos de melhoria e reinvestimento não só no próprio negócio, ou na família, mas também em suas comunidades e no apoio a outras mulheres. Faça parte desse ciclo positivo e apoie uma mulher empreendedora. O dia celebrativo é hoje, mas devemos apoiá-las todos os dias.

Um grande abraço para todas as mulheres empreendedoras.

De 1 a 5, qual sua experiência de leitura na exame?

Sendo 1 a nota mais baixa e 5 a nota mais alta.

Seu feedback é muito importante para construir uma EXAME cada vez melhor.

Shotes semelhantes
Shotes mais populares dessa semana